1 dia em Nova Deli – O que fazer? // 1 day in New Delhi – What to do?

1 dia em Nova Deli – O que fazer?

English

O que fazer em apenas 1 dia em Nova Deli? Montei um roteiro bem completo para aproveitar o máximo possível da cidade em 24 horas.

  

Nova Deli possui muitas atrações turísticas e apenas 1 dia não é suficiente para visitar tudo, mas como eu tive poucos dias livre durante a minha visita à Nova Deli, eu quis planejar bem o que fazer nesses dias para aproveitar o máximo da cidade e visitar os lugares mais importantes. Primeiro eu fiz uma lista de todos os lugares que gostaria de visitar, depois separei todas as atrações por proximidade uma das outras e por final separei em 2 listas para 2 dias, deixando para o primeiro dia os lugares que tinha mais interesse de visitar, para acaso tivesse algum problema no segundo dia, já ter visitado os lugares mais importantes. E esse foi o roteiro que eu criei e que realmente segui em 1 dia por Nova Deli:

1- Akshardham

A primeira parada foi no Templo de Akshardham (Swaminarayan Akshardham), o segundo maior templo hindu do mundo. O templo, considerado um complexo cultural-espiritual,  foi construído com a ajuda de 3.000 voluntários e 7.000 artesãos e é hoje uma das maiores atrações da Índia.

O complexo apresenta diversas áreas: Abhisheka Mandap (Abhishek é o ritual de banho de uma divindade para a realização das orações); Jardins temáticos; 3 salas de exposições; um show aquático ( que acontece depois do pôr-do-sol) e o Akshardham mandir (o templo, principal atração do complexo).

É proibida a entrada de câmeras, celulares e diversos outros itens no complexo, os mesmos devem ser deixados em um guarda-volumes na entrada do complexo. Basicamente o que se pode levar é apenas uma bolsa pequena com documentos e dinheiro. Por isso as fotos acima foram retiradas do site do complexo.

 Entrada: Gratuita em todas as áreas abertas e no templo. É cobrado ingresso apenas para o Ritual Abhishek, as exposições e o show aquático.

Horário de funcionamento9:30am – 6:30pm / Terça a domingo
images Vale lembrar que o templo é um lugar sagrado, religioso e um código de vestimenta deve ser respeitado. Ombro, colo e barriga devem estar cobertos e nenhuma roupa acima do joelho é permitida. Mas eles também oferecem um Sarong, uma vestimenta longa, para as pessoas que estão com roupas consideradas inadequadas, e a mesma deve ser devolvida no final da visita.
Os sapatos também devem ser retirados para entrar no templo, porém lá dentro do complexo existe um outro guarda volume apenas para os sapatos.

 

2- Chandni Chowk

Chandni Chowk é um dos mais famosos e mais antigos mercados de Nova Deli. Construído no século 17 pelo imperador Mughal Shah Jahan da Índia, e desenhado por sua filha Jahan Ara, o mercado já foi dividido por canais (agora fechado) para refletir o luar, e continua a ser um dos maiores mercados de atacado da Índia. Localizado perto da estação Old Delhi Railway.

Vale a pena passear pelo Chandni Chowk para conhecer um pouco dos sons, cheiros e cores dos mercados indianos. Podemos encontrar por lá desde produtos típicos da India até eletrônicos e se você tiver interesse em algum produtos vai ter que pechinchar com os vendedores locais, pois isso faz parte da cultura deles e eles também sempre falam um preço mais alto para turistas.

DSC_0455

Como não queríamos comprar nada, apenas fazer um passeio rápido pelo mercado, optamos por um tour de “Cycle Rickshaw”. O preço tour de 30 minutos foi de 100 Rúpias, mas você pode sempre negociar os valores na hora com o motorista.

 Entrada: Gratuita

 Funcionamento: De Segunda a sábado

 

 

3- Jama Masjid

Masjid-i Jahan-Numa, mais conhecida como Jama Masjid é a principal mesquita da Índia.  Situada próxima ao  mercado Chandni Chowk, a mesquita foi construída pelo imperador mugal Shah Jahan entre 1644 e 1656, com um custo de 1 milhão de rúpias.

IMG_4877

Com três enormes portais, quatro torres e dois minaretes com 40 metros de altura construídos com tiras de arenito e mármore branco. Um pátio feito para acomodar mais de 25. 000 pessoas. e no chão, um total de 899 demarcações  traçadas para a adoração dos religiosos.

IMG_4892

images Vale lembrar que o templo é um lugar sagrado, religioso e um código de vestimenta deve ser respeitado. Ombro, colo e barriga devem estar cobertos e nenhuma roupa acima do joelho é permitida. E os sapatos também devem ser retirados para entrar na mesquita, porém lá não existe nenhum guarda volume, você pode deixá-los na entrada na mesquita ou recomendo levar uma bolsinha onde possa colocar o sapato dentro. Outro ponto é que as mesquitas na India são diferentes das mesquitas na Turquia e nos Emirados Árabes, a maior parte da mesquita é uma área aberta e por isso o chão acaba sendo bem sujo devido a animais que andam por lá, ações do tempo e falta de manutenção. Por isso na entrada existem pessoas vendendo chinelos de pano, como aqueles que encontramos em quartos de hotel, recomendo levar um desses chinelos caso você consiga no hotel ou uma meia extra.

Entrada: Gratuita

Camera Taxa para fotos: 200 Rúpias

 Horário de funcionamento9:30am – 8:00pm / Terça a domingo

 

4 – Portal da Índia

O Portal da Índia é um monumento nacional indiano em homenagem aos soldados mortos enquanto serviam as Forças Armadas britânicas na Primeira Guerra Mundial. O Portal é um arco de 42 metros de altura com inscrições dos nomes dos mais de 13.000 soldados. Sob o arco, fica a Amar Jawan Jyoti, uma chama eterna dedicada a honrar soldados desconhecidos que perderam suas vidas em várias guerras.

O portal da Índia leva diretamente a Rajpath (Caminho do Rei), uma avenida cerimonial rodeada de gramados, piscinas ornamentais e árvores. Na ponta da avenida fica o Rashtrapati Bhavan, a residência oficial do presidente da Índia. Em algumas épocas do ano, você pode visitar os Jardins Mogóis da residência, com piscinas, fontes e flores.

Entrada: Gratuita
 Horário de funcionamento: Todos os dias

 

5- Túmulo de Humayun

O Túmulo de Humayun é considerado o primeiro exemplo da arquitetura em estilo mogol na Índia. A construção começou nove anos após a morte do imperador, no século XVI e  hoje, o túmulo é um Patrimônio Mundial da Humanidade.

IMG_4975IMG_4977

Dentro do complexo existem vários túmulos de outros governantes mogóis. Mas a estrutura principal é o Túmulo de Humayun com dois andares de arenito vermelho, uma cúpula dupla no topo e painéis em mármore na parte externa do mausoléu.

Entrada: 250 Rúpias (estrangeiros) 10 Rúpias (indianos)

Camera Taxa para fotos: 25 Rúpias para videos

 Horário de funcionamento: Todos os dias do nascer ao pôr-do-sol

 

6 – Jardim Lodhi 

O lugar perfeito para relaxar e assistir o pôr-do-sol depois de um dia perambulando pela cidade. Um lugar tranquilo em meio ao caos da cidade e cheio de monumentos para explorar. O jardim é popular para piqueniques e cenário para caminhadas dos locais.

IMG_2215

O Jardim Lodhi  foi criado nos séculos XV e XVI pelas dinastias Sayyid e Lodhi. Possui monumentos medievais vários  mausoléus, com o túmulo de Muhammad Shah, que foi o último governante da dinastia Sayyid.

Outros pontos interessantes do Jardim são: a Ponte Athpula, e o Parque Nacional do Bonsai que  possui uma coleção de plantas e árvores em miniatura.

Entrada: Gratuita
 Horário de funcionamentoTodos os dias. Das 6:00 am às 20:00 pm.

Eu fiz todo esse roteiro em 1 dia, com um motorista. Achei melhor alugar um carro com motorista para não perder muito tempo em transporte público e poder montar um roteiro do meu jeito, ao invés de comprar um tour em alguma agência de turismo. Expliquei melhor em outro post como é alugar um carro com motorista na India

Beijos e Boa viagem!

Se você gostou do post e quer continuar acompanhando os próximos posts, fique a vontade para subscrever via e-mail na barra lateral ou você também pode seguir o blog no FacebookInstagramTwitter e Pinterest.

 


 

English

1 day in New Delhi – What to do?

What to do in just one day in New Delhi? I put together a very complete itinerary to get the most of this city in 24 hours.

New Delhi has many tourist attractions and just one day is not enough to visit all but since I had just a few free days during my visit to Delhi, I wanted to plan very well what to do in those days to get the most of the city and visit as much places as possible. First I made a list of all the places I would like to visit, then separated all the attractions by proximity and I end up with two lists for two days, considering in the first day the places that I couldn’t live the city without visiting, just in case, if we had a problem on the second day, we would have already visited the most important places. And that was the itinerary that I created and that I really used on my first free day in New Delhi.

1- Akshardham

The first stop was at the Akshardham Temple (Swaminarayan Akshardham), the second largest Hindu temple in the world. This temple, considered a cultural and spiritual complex, was built with the help of 3,000 volunteers and 7,000 artisans and is now one of the biggest attractions of India.

The complex has several areas: Abhishek Mandap (Abhishek is a divine bathing ritual); Thematic gardens; 3 exhibition halls; a water show (which takes place after the sunset) and the Akshardham Mandir (the temple and main attraction of the complex).

 

It is forbidden to enter with cameras, mobile phones and many other items in the complex, they should be left in a cloakroom at the entrance. Basically what you can take inside is only a small purse with documents and money. So the pictures above were taken from the complex website.

 Entrance: Free in all open areas and in the temple. It is charged admission just for the Abhishek Ritual, exhibitions and water show.

Opening hours: 9:30 am – 8:00 pm / Tuesday to Sunday
images Is worth mentioning that the temple is a sacred and religious site and a dress code must be respected. Shoulder, chest and belly should be covered and no clothes above the knee are allowed. But they also offer a Sarong, a long dress, for people who arrive wearing clothes considered inappropriate, and it must be returned at the end of the visit.
Shoes should also be removed for entering the temple, but there is another cloakroom just for shoes in front of the Temple.

2- Chandni Chowk

Chandni Chowk is one of the most famous and oldest in markest in New Delhi. Built in the 17th century by Mughal emperor Shah Jahan and designed by his daughter Jahan Ara, the market was divided by channels (now closed) to reflect the moonlight, and remains one of the biggest wholesale markets in India. Located near the Old Delhi Railway Station.

It’s worth wandering through the Chandni Chowk to get to know some of the sounds, smells and colors of Indian markets. We can find all types of things in there, from typical Indian products to electronics and if you find yourself interested in a product, you will have to bargain with the local vendors, because this is part of their culture and also they always tells higher prices for tourists.

DSC_0455

As we didn’t want to buy anything, just desired to make a quick tour through the market, we opted for a “Cycle Rickshaw” ride tour. The price of the tour was 100 Rupees for 30 minutes, but you can always negotiate the prices with the driver. 

 Entrance: Free 

Opening hoursMonday to Saturday

3- Jama Masjid

The Masjid-i-Jahan Numa, better known as Jama Masjid is the main mosque in India. Located next to the market Chandni Chowk, this mosque was built by the Mughal Emperor Shah Jahan, between 1644 and 1656, at a cost of one million rupees.

IMG_4877

Jama Masjid has three big gates, four towers and two minarets with 40 meters high, built with sandstone and white marble strips. A courtyard made to accommodate more than 25 000 people and on the floor, a total of 899 demarcations were drawn to religious worship.

IMG_4892

images Is worth mentioning that the temple is a sacred and religious site and a dress code must be respected. Shoulder, chest and belly should be covered and no clothes above the knee are allowed.And the shoes should also be removed to enter the mosque, but there isn’t a cloakroom to keep it, you can leave them at the entrance of the mosque or as I recommend, you can bring a small bag where you can keep it during your visit. Another point is that mosques in India are a bit different from mosques in Turkey and in the Emirates, most part of the mosque there are in an open area so the floor ends up being quite dirty due to animals that walk around and lack of maintenance. So at the entrance there are people selling cloth slippers, like those which we can find at hotel rooms. I recommend you to bring one of those slippers if they have it at your hotel or take an extra sock.

 
Entrance: Free

Camera Fee for photographs: 200 Rupees (For each camera or phone)

Opening hours9:30am – 8:00pm / Tuesday to Sunday
 

 

4 – India Gate

India Gate is a national Indian monument in honor of soldiers killed while serving the British Armed Forces in World War II. The Gate is an arc of 42 meters high with name inscriptions of over 13,000 soldiers. Under the arch, is located the Amar Jawan Jyoti, an eternal flame dedicated to honoring unknown soldiers who lost their lives in various wars.
 

The India Gate leads directly to Rajpath (King’s Highway), a ceremonial avenue surrounded of gardens, ornamental pools and trees. At the end of the avenue is the Rashtrapati Bhavan, the official residence of India’s President. At some times of year, you can visit the Mughal Gardens of the residence that have swimming pools, fountains and flowers.

Entrance: Free
 Opening hoursEveryday

 

 

5-Humayun’s Tomb

Humayun’s Tomb is considered the first example of Mughal style architecture in India. The construction began nine years after the death of the emperor in the sixteenth century and today, the tomb is a World Heritage Site.

IMG_4975IMG_4977

Inside the complex there are several tombs of others Mongol rulers. But the main structure is the Humayun’s Tomb with two red sandstone floors, a double dome on top and marble panels on the outside of the mausoleum.

Entrance: 250 Rupees (foreigners) 10 Rupees (Indians)

Camera Fee for photographs: 25 Rupees for video 

 Opening hours: Everyday – From sunrise to sunset
 

 

6 – Lodhi Garden

The perfect place to relax and watch the sunset after a day wandering around the city. A quiet place in middle of the city chaos and a place full of monuments to explore. The garden is popular for picnics and scenery for locals to run and to walk.

IMG_2215

The Lodhi Garden was created in the fifteenth and sixteenth centuries by Sayyid and Lodhi dynasties. It has many medieval monuments mausoleums, as the tomb of Muhammad Shah, who was the last ruler of the Sayyid dynasty.

Another interesting parts of the Garden are: Athpula Bridge and the Bonsai National Park which has a collection of miniature plants and trees.

Entrance: Free
 Opening hoursEveryday –  From 6:00 am to 20:00 pm
 

I did all this itinerary in one day with a driver. I thought it would be better to hire a car with a driver not to lose much time on public transport and being able to put together a itinerary in my own way rather than just buying a tour in  a travel agency. And I explained in another post how to rent a car with a driver in India.

See you soon! Have a nice trip!

 
If you liked the post and wants to keep following the next posts, feel free to subscribe via email on the sidebar or you can also follow me  on FacebookInstagramTwitter e Pinterest.
Advertisements

3 thoughts on “1 dia em Nova Deli – O que fazer? // 1 day in New Delhi – What to do?

  1. Good to know! Delhi looks like a great destination, definitely makes me look forward to my trip even more! I definitely will. You’ll surely be able to read about my experiences on my blog 🙂

    Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s